quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Que país o nosso...

São 20h10min e até tenho medo de ligar a televisão!

Mais uma vez as notícias deste país giram à volta de um banco falido, que faz 6 candidatos à Presidência da República discutirem, quais putos, sobre quem tem a culpa no sucedido.
Enquanto isso, Portugal vende dívida pública ao preço mais alto de sempre. Os preços sobem diariamente, as empresas fecham às dezenas por hora. A bolsa desce, o número de pobres aumenta, os desempregados também. E ninguém apresenta uma hipótese de resolução destes problemas?
É inacreditável como este país não tem uma pessoa com peso político e inteligência capazes de gerar um movimento para virar o sentido deste país.
Está na altura de fazermos com o país, aquilo que fazemos quando temos o bolso cheio de lixo... viramos o bolso até que caia o lixo, o dinheiro e aquilo que nos interessa. O primeiro deitamos fora, o segundo e terceiro volta para o bolso.

Um comentário:

  1. Olá a todos os que vão ler este comentário neste blogue ou noutro muito bom como este. Pois é, estou encantado com todos estes posts bem feitos, quase que desenhados. Pois, eu gostava de fazer igual, mas não consigo. O meu dilema agora é cozinhar… A vida é dura e obrigou-me a morar sozinho, e a cozinha não é de todo o meu local favorito. Mas estou a tentar conhecê-la, mas as aventuras têm sido imensas. Fiz um blog humilde para colocá-las em forma de crónica pouco extensas. Gostava muito que todos vocês o visitassem e se possível o seguissem. É que tentar cozinhar e depois não ser ajudado, é algo muita mau.
    Cumprimentos a todos!

    http://tenhosalfaltamecolher.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Atire a sua pedra, vá!